segunda-feira, 30 de junho de 2008

Para torcer fora de campo também

Hoje é o grande dia para a votação do projeto da Arena Palestra Itália pelo Conselho Deliberativo do Palmeiras.


O 3VV do Vicente Criscio preparou esta imagem para ser estampada em camisetas e mostrar o apoio ao grandioso projeto Palmeiras e WTorre. Já foram vistas camisetas no jogo de ontem contra o Náutico no Palestra.

Veja na foto, o dr. Cyrillo, diretor administrativo e membro da coordenação do projeto da Arena.

Quem quiser que apareça também na Turiassu para demonstrar o apoio a mais essa conquista em nossa história!

Continue lendo >>

1997, o ano em que tivemos 5 uniformes

Na postagem anterior recebemos a pergunta de Kika e Dilon, se não era a Reebok que havia feito aquele uniforme da Taça Euro-América.

Esta confusão é bem comum - na verdade, a Reebok substituiu a Rhumell no segundo semestre de 1996. Tínhamos como uniforme 1996 home o listrado, e como 1996 away um branco com desenhos ondulados na parte superior (outro dia mostraremos estas Reebok 96). No fim do ano, ela reeditou camisa bem parecida com a da Euro-América, veja:


O tecido tem um fundo "listrado". No lugar dos cordões na gola, elásticos vermelhos; atrás, o número dentro de uma caixa enorme em branco.


E o curioso é que este era modelo 96/97, assim, em 97, era como se tivéssemos este como quarto uniforme. Sim, quarto! E ainda havia o quinto, que era um bem parecido com este mas de cor branca.


Veja agora as outras camisas que faziam parte do fardamento do Palmeiras em 1997. A Reebok realmente mostrou trabalho naquele ano!

Primeiro uniforme:


Segundo uniforme:


Terceiro uniforme:


Era muito raro na época alguém ter todas as camisas do Palmeiras que eram lançadas. Devido à excelente fase do Verdão, no período 1996-1997, se contarmos Rhumell 96, Reebok 96 e Reebok 97, tivemos no total 10 uniformes lançados! Fora as de goleiro, hein. Haja dinheiro para tudo isso! :-D

[fotos de Marcelo Valem e Dario Gomes]

Continue lendo >>

sábado, 28 de junho de 2008

A camisa do bicampeonato da Euro America Cup

Esta foi a terceira camisa do ano de 1996. Verde escura com uma faixa branca no peito, como nos tempos de Palestra Itália. Gola "vintage", pólo, e com cordão vermelho, tudo no maior estilo retrô.O logotipo da Parmalat, em azul, dentro da faixa. Nas costas, a faixa era mais larga e continha o número, que era na cor vermelha.



E ela foi uma camisa vitoriosa. Jogamos, e vencemos, a Copa Euro-América com ela. E nessa conquista, goleamos por 6 a 1 o Borussia Dortmund, campeão da Bundesliga e da Champions League na época, é mole?! Se você não se lembra, veja o vídeo abaixo. Essa copa foi realizada três vezes, e o Palmeiras papou duas delas.



Logo depois a camisa ganhou a homenagem à taça Euro-América na manga esquerda. Veja na foto:



A primeira foto, e o vídeo também, é do Marcelo Valem, do Memória Alviverde, colecionador de camisas e que manja muito de futebol do interior. Já as outras fotos são do Edu Magnani, o Periquito Mártir, que ganhou a camisa de um grande amigo. Esta história está contada de maneira fantástica em postagem do Mondo Palmeiras, que coisa chique! Veja no link, aqui.

Continue lendo >>

quinta-feira, 26 de junho de 2008

A camisa do César e os esparadrapos

Vejam só que bacana. O leitor Ricardo Koiti se interessou pelo tópico anterior da camisa do César, e nos enviou aquele mesmo pôster de 1992 mas com resolução maior.

A camisa do pôster realmente é a mesma, mas a marca que está nela é Adidas, e não Reusch. Aquele emblema "das 3 folhas" da Adidas está em roxo no lado esquerdo. Outra coisa que o Ricardo reparou é que o escudo do Palmeiras é diferente, enquanto que na camisa da Reusch ele é inteiro silkado, na da Adidas ele é pintado somente nos contornos e nas letras.
Não parece haver esparadrapos nesta do pôster.

Desconfio que a Reusch era uma subcontratada da Adidas na época para fornecer apenas a camisa de goleiro; e que no início não houve tempo para se aplicar o logo da Adidas e optou-se assim pela colocação de esparadrapos cobrindo o símbolo da Reusch. Depois a situação se normalizou e o logo trefoil da Adidas foi pintado. Ou seja, a camisa do Emerson é mesmo uma raridade total.

Isso quer dizer que se alguém aparecer no futuro com aquela criticada verde-limão adesivada que o Palmeiras usou contra o Coritiba mês passado, será também raridade e curiosidade. E parece que o uso de esparadrapos/adesivos ja é tradição da Adidas...

Se não fosse pela colaboração de todos no blog, acho que eu nunca iria saber disso. Valeu, pessoal.

Numa pesquisa rápida pela web, vi que a Reusch hoje fornece uniformes para pequenas equipes na Argentina, mas ela é forte mesmo em esqui e em luvas de goleiros. Eles inclusive patrocinam o Dida e o Julio Cesar.

Continue lendo >>

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Lançamento previsto para julho, mesmo

O uniforme 2008/2009 será lançado em 8 de julho. A não ser que a Adidas repense a estratégia devido à divulgação antecipada do modelo. Não viu a foto do novo modelo ainda? Veja aqui.

Palmeiras vai lançar camisa em julho

REDAÇÃO Da Máquina do Esporte, em São Paulo

A nova camisa do Palmeiras já tem data definida para ser lançada oficialmente. No dia 8 de julho, o clube paulista deve mostrar o uniforme que vazou na internet durante a última semana.

A intenção da Adidas, fabricante das peças e fornecedora de material esportivo do Palmeiras, é resgatar o verde mais escuro, relembrando a "Academia", como era conhecida a equipe das décadas de 1960 e 1970.

O lançamento será feito em uma cerimônia especial, que contará com a presença de grandes nomes do passado como Ademir da Guia, que, inclusive, está nas fotos que circulam pela rede mundial.

O modelo em questão seria, em um primeiro momento, o novo uniforme do Palmeiras, com menos branco e uma camisa vinho para os goleiros. Com a antecipação da informação, porém, a marca alemã pode repensar a estratégia.

Esta é a mesma data divulgada no Ponto Verde para a chegada da nova linha. E segundo o Ponto Verde, a camisa número dois será mesmo a verde-limão. Haverão camisas pólo retrô, e agasalhos novos. Mas os produtos ainda estão ilustrados apenas por desenhos, sem fotos.

Continue lendo >>

terça-feira, 24 de junho de 2008

Assumindo os apelidos

Não é segredo para ninguém que os torcedores de times rivais sempre tentaram ofender os palmeirenses chamando de "porco", um modo pejorativo para se referir "aos italianinhos". Mas nos idos dos anos 80, tomamos a atitude de assumir o apelido e conseguimos esvaziar o discurso dos adversários. Nossos rivais podem nos chamar de porco, ou nosso estádio de chiqueiro sem problemas, que não conseguem nos ofender mais.

E pode ser estranho o que vou escrever agora, mas eu venho aqui parabenizar a diretoria do SPFC. Eles também estão assumindo o já famoso apelido de Gaiola das Loucas para seu estádio. É que o São Paulo lançou uma série de camisas especiais com a Reebok, e vejam este modelo aqui. Até já esgotou na loja oficial deles. É sério:


"I am what I am" é uma frase bem auto-afirmativa, não? Digamos que serve bastante para o Richarlysson... E como é de conhecimento público, é também nome de música da cantora Gloria GAYnor, e que é trilha sonora do musical "Gaiola das Loucas", ou "La cage aux folles".

Sinopse: Casal de gays vive como marido e mulher e dirige clube de dança. O filho de um deles decide levar a noiva, filha de uma família tradicional da região, para conhecer seu pai e mãe, que não podem revelar sua condição de homossexuais. Baseado na peça de Jean Poiret.


Mas que frase bem escolhida para a camiseta! Boa iniciativa por parte dos sãopaulinos, agora podemos chamar o Morumbi de Gaiola das Loucas também sem problemas. Eles mesmos estão saindo do armário, digo, assumindo o apelido!

Veja estudo mais aprofundado sobre esta estratégia de marketing no Coisa Verde.

Continue lendo >>

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Devotos de São Marcos

Belíssima homenagem que os palmeirenses cariocas fizeram ao Marcão. E o desenho ficou de muito bom gosto, veja:


Do site oficial do Palmeiras:

Por Fábio Finelli - Assessoria de Imprensa
O goleiro Marcos recebeu na noite deste sábado (21) uma homenagem de torcedores palmeirenses no hotel em que o Palmeiras ficou hospedado, no Rio de Janeiro.

Os torcedores, todos cariocas, fundaram o movimento 'Devotos de São Marcos', e entregaram ao ídolo palmeirense uma camisa com a caricatura do goleiro.

A idéia do movimento e da homenagem foi do torcedor Fabrício Silva Ferreira, de 25 anos, que no início deste ano reuniu os palmeirenses que residem na Cidade Maravilhosa para assistir os jogos do Verdão.


"Sempre soube que a torcida do Palmeiras era enorme aqui no Rio de Janeiro e tive essa constatação quando deixei São Paulo, em 2006, para morar aqui. Aos poucos fomos nos reunindo e hoje já somos um grupo de pelo menos 50 pessoas.

"Fabrício e seus amigos assistem juntos todos os jogos do Palmeiras no Winners Bar, em Copacabana. "Foi de lá que nasceu a idéia de homenagear o Marcos. Fizemos uma bandeira enorme, que será levada aos jogos aqui no Rio de Janeiro, e uma camisa.

"Neste sábado, esses torcedores palmeirenses fanáticos provaram que a distância rompe fronteiras e realizaram o sonho de conhecerem e entregarem a camisa para o ídolo Marcos.



"Essa é mais uma homenagem que eu recebo e que vou guardar para sempre na memória e no coração. Às vezes a gente não tem dimensão do carinho e das coisas que os torcedores são capazes de fazer, mesmo estando tão distantes", afirmou o camisa 12.

Caso você queira contatar o Fabrício e comprar alguma camiseta destas, o orkut dele é este aqui.

Continue lendo >>

Camisa reserva de goleiro 1999

Agradecemos agora ao palestrino Carlos Coletti. Ele manda sua contribuição, uma camisa de goleiro de cores verde-água e rosa/magenta, de 1999. É a camisa número 2 para os goleiros, lembrando que a 1 já foi postada aqui.

Tem os mesmos desenhos, a manga acolchoada; a gola com o detalhe Rhumell; o escudo estilo Rhumell com 4 estrelas; só mudam mesmo as cores.


Coletti acrescenta ainda seus questionamentos:

Gostaria de comentar que não sei o que se passa que as fornecedoras ao fazerem a camisa para goleiro utilizam a cor rosa. Tento pensar pela lógica, o rosa com toda certeza será dificilmente confundido com outro uniforme, a não ser que joguemos com o Sevilla (que tem uma camisa rosa), mas as fornecedoras poderiam utilizar outras cores, assim como esse novo lançamento (camisa bordô, vinho, vermelha, ou sei lá o quê), que particularmente, gostei.
Te envio uma foto de camisa de goleiro da Rhummel, de 1999, que também tem cores rosas.

Valeu Coletti!

Continue lendo >>

Carteira Copa Rio 51. Original.

Cada preciosidade que aparece por aqui... Esta não é uma maglia, mas merece o registro!

O palestrino Walter Chinaski gentilmente nos envia foto da carteira que seu avô deixou para ele.
Esta relíquia era um artigo oficial comemorativo ao nosso Título Mundial Inter-Clubes, a Copa Rio. Servia para guardar a carteira de motorista.


Lindo. De chorar.
Fico imaginando a festa que houve na época, e vovô-Chinaski-jovem comemorando com sua carteira novinha.

Desconfio que o Walter não vende, não dá, não empresta. No que faz muito bem!

Continue lendo >>

domingo, 22 de junho de 2008

O Palmeiras e a colônia japonesa

Já que nesta semana se comemora o Centenário da Imigração Japonesa, nada mais justo que homenagear a colônia nikkei. Faremos isto com este post sobre o mesa-tenista e palmeirense ilustre Hugo Hoyama.


Hugo-san é hoje o maior vencedor brasileiro em Jogos Pan-Americanos, com nove medalhas de ouro. Além disso é também frequentador assíduo nas Olimpíadas, representando muito bem o Brasil e o Palmeiras. Ele sempre cita na mídia que é palestrino fanático.

No Pan do Rio ele até conta que suas cuecas do Palmeiras deram sorte (!), vejam só.

Além do Hugo, conheço muitos palmeirenses japas, e pelo nome vejo que alguns leitores que comentam aqui também são - Marcio Keiti, Ricardo Koiti, André Okuma, para citar alguns. Além do Ono, que escreve aqui também, e de mim mesmo - sim, eu sou sansei pra quem não sabe.

E por que tanto japonês palmeirense, se nostra squadra era o time da colônia italiana? A resposta vem pela história. Na época da Segunda Guerra, a colônia japonesa no Brasil foi perseguida tanto quanto a italiana (e a alemã também, diga-se) - inclusive clubes e agremiações nipônicas tiveram que mudar de nome e tudo. Exatamente como Palestra Itália teve que ser alterado para Palmeiras.

Torcer para o Verdão seria então algo como um símbolo contra a elite preconceituosa, oligopolista e bambi da época. E assim o Palmeiras se tornou o time dos italianos, dos nikkeis, dos nordestinos, dos caipiras, das várias raças e credos... Enfim, o time com a torcida mais diversificada de todas. Tem coisa mais brasileira que isso?


Minha priminha Carol, palmeirense como toda a família.

Continue lendo >>

sexta-feira, 20 de junho de 2008

O que fazer com 10.000 reais?

Comprar uma camisa do Palmeiras, lógico!


Foi o que fez o Henrique, um dos finalistas do programa O Aprendiz 5. No episódio 14, após vencer a etapa recebeu como prêmio gastar 10.000 reais em compras. Não hesitou e comprou a maglia 2007-2008 branca do Verdão!

"Pra começar vou levar a do Palmeiras, Campeão Paulista deste ano..." disse, antes de vesti-la. Mandou bem!

Clique na imagem para ver o vídeo. A cena aparece aos 3:33.


Tinha que ser palmeirense! Agora este blog já tem para quem torcer nesse programa.

Grande Henrique!

Continue lendo >>

Musa do Brasileirão

Mais algumas candidatas a Musa do Brasileirão 2008:

Danny

Milena Fraga

Isa Pinheiro
Jessica Vasques

Continue lendo >>

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Nova camisa Palmeiras 2008-2009!

Finalmente!

Vazou a nova camisa da Adidas para 2008-2009. Aconteceu ontem a produção da campanha de divulgação, onde participaram Marcos, Denilson, Pierre, David e ninguém mais ninguém menos que o Divino.
Esta é uma das fotos que alguém tirou nos bastidores.


Esta foi dica do Rafinha Municelli do PalmeirasNet e do Bordallo, do Sport-to-Wear. Obrigado mesmo pessoal.

Não houve mesmo nenhum arroubo de criatividade ou originalidade, mas para mim está otima. Gostei mesmo, está com cara de Palmeiras. A região da gola está bem resolvida, e o tom de verde ficou excelente.

O grená da camisa do Marcos é que vou demorar um pouco mais para me acostumar...

Será que o numero atrás terá a mesma fonte que a das seleções européias?

E agora uma bela cornetada: Cadê o escudo de campeão paulista 2008??????

Agora olhando com calma, percebi que este é o padrão utilizado pela seleção espanhola.

E você, o que achou? Pode dar sua opinião nos comentários!

Continue lendo >>

Vestindo a Cruz de Savóia

Isso que dá não ter jogo do Palmeiras na semana. Na falta de outro assunto, deu um tempinho de fazer uma montagenzinha. Bem meia-boca, por sinal. Mas era só para vocês entenderem a idéia.

Não curto nada a idéia de camisa toda vermelha, mas que tal se a terceira camisa fosse a própria Cruz de Savóia do Palestra Itália? Peguei a camisa do centenário da Inter de Milão e inverti as cores.


E já que estamos brincando com as cores, no lugar de Fiat, coloquei o logotipo da linha Abarth, a classe esportiva deles.

O problema é que ela não é verde; e ninguém vai saber que se trata de uma maglia do Palmeiras... Já sei, já sei, vou levar pedrada aqui. Mas, agora já foi, não levem tão a sério gente!
:-P

Continue lendo >>

Ainda sobre o agasalho

O tema do agasalho ainda rende. Tem gente até dizendo que na verdade será outra conjunto a ser lançado.
Mas o vazamento misterioso já está sendo vendido em lojas, inclusive na internet. Como na SportWest, que nunca tinha ouvido falar. Preço: 400 reais...


E que confusão essa página: a loja se diz credenciada pela Nike, mas está vendendo esta jaqueta da Adidas com a descrição de linha de agasalhos Reebok. Pelo menos estava até agora há pouco, não sei se já arrumaram.

OBS: nunca fiz compras nessa página, se alguem já tem alguma experiência com eles pode compartilhar aí nos comentários, ok.

Continue lendo >>

terça-feira, 17 de junho de 2008

Bob Marley: palmeirense também!

Hehe, eu já tinha visto, mas o leitor Raphael Forte mandou a dica também. O Planeta Palmeiras, que está no blogroll aí do lado desde os primórdios deste blog, publicou um achado daqueles:
A lenda musical, religiosa e rasta Bob Marley com o manto do Verdão!


Se eu já curtia o rei jamaicano, agora é que gosto mais ainda. Consta que por causa do Palmeiras ele torcia para a seleção brasileira - veja o vídeo da canção Redemption Song em que ele está com a camisa da seleção.

É isso aí pessoal. Vai ver também que foi o Palmeiras a inspiração para a música One Love !
:-D

Continue lendo >>

domingo, 15 de junho de 2008

Já vazou o agasalho...

O atento Rafael do Palmeiras Let's Gol ! nos dá a dica sobre o agasalho 2008-2009, que já vazou na web...

Verde e azul marinho, como em tempos da Parmalat. Ficou muito loco. Será que atrás é liso, ou tem algum detalhe?


O conjunto segue as linhas dos agasalhos da Alemanha e da Espanha, e achei bastante bonito também. Segue a tendência de se colocar o logotipo do fabricante próximo ao ombro.

Serviu para abrir o apetite né. Estamos à espera da nova linha, que parece que está para ser divulgada...

Nosso muito obrigado ao Rafael, valeu!

Continue lendo >>

Nunca vamos parar de rir mesmo

Ainda na ressaca da comemoração do fiasco do Corinthians na Copa do Brasil...

Olha aí a nossa maglia Nunca vou parar de rir na versão limão, edição especial.

Apareceu nas arquibancadas de nosso jardim suspenso na quinta dia 12 (5 x 2 em cima do Cruzeiro).
Mas o torcedor ainda personalizou a camisa com mensagem dedicada ao Carlinhos Bala, hehe.

Valeu mesmo Carlinhos Bala, mete bala no SPFC na rodada que vem também. E a gente se vê na Libertadores 2009!

Créditos para a foto: Folha Imagem

(desculpem a falta de atualização aqui pessoal, as coisas andam meio complicadas)

Continue lendo >>

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Enilton, campeão da Copa do Brasil

Fica aqui nossa homenagem ao Sport de Recife, campeão da Copa do Brasil em cima do Corinthians. Pelo menos alguma notícia boa estes dias!

Mas, claro que não vou colocar nenhum gol do Leão aqui. Vou homenageá-los mostrando o Enilton, que até ano passado estava vestindo a camisa 2006/2007 do Verdão. E que fez um gol decisivo para o Sport na partida em São Paulo. O Corinthians fez 2 a 1 no Morumbi, mas nadou, nadou e morreu na Ilha por 2 a 0.

De lances decisivos aqui no Palmeiras ele não fez muito (fez pouco para falar a verdade), mas teve este Palmeiras 3 x 1 Botafogo de 2006 em que ele estava endiabrado. Fez dois gols e uma assistência para o do Paulo Baier, numa jogada digna de Maradona!

Continue lendo >>

terça-feira, 10 de junho de 2008

Curiosidade: modelo vetado para 2007

Você sabia? Na época da definição dos modelos da camisa 2007/2008, a Adidas levou algumas propostas para apreciação da diretoria do Palmeiras. Entre elas estava esta aqui, num cinza bem escuro, tom chumbo quase preto, e detalhes em vermelho.

Tinha ficado bem diferente hein. Crédito para a foto: Marcelo. Valeu Marcelo!



Era um modelo para a camisa de goleiro. Devo dizer que até achei interessante viu.

Consta que esse modelo não foi aprovado e acabou sendo vetado pela diretoria. Porque lembra as cores de outros times como Flamengo ou São Paulo, talvez? Resultado: no fim o padrão escolhido foi aquele da cor rosa (laranja? salmão? fúcsia?) que causou a maior polêmica...

E aí, o que você achou?

Continue lendo >>

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Musa do Brasileirão

Estarei postando algumas da Palmeirenses que estão participando do consurso Musa do Brasileirão, realizado pelo site da Globo.
Ano passado a grande campeã foi a palmeirense Tatiele Toro.


Candidatas 2008:

Ariane Suelen


Carolina de Oliveira


Fernanda Brussin


Danielle Farias


Frecinha


Carol Alencar

Continue lendo >>

sábado, 7 de junho de 2008

Juninho Paulista, palmeirense desde criancinha

Chamou a atenção nesta semana a notícia de que Juninho Paulista retornou à Academia de Futebol. Assim como Roberto Carlos, Maldonado, Emerson, Correa e Otacilio Neto, ele está fazendo trabalho de recuperação física.


Além disso, ele participará de amistoso do Palmeiras B na Austrália, e será até uma espécie de embaixador palestrino por lá - ele conhece bem as coisas lá da terra do Down Under, por ter atuado no Sidney até março deste ano.

Juninho atuou em 2005 e 2006 no Verdão. Atuou em alto nível no Brasileirão de 2005, ajudando o time a conseguir a vaga para a Libertadores do ano seguinte.

Quando ele chegou ao Palestra em abril de 2005, deixou muita gente com a pulga atrás da orelha por causa de seu passado no time do outro lado do muro, entre 1993 e 1995. E foi aí que ele revelou que ele estava realizando sonho antigo do pai e de sua família, onde todos são palmeirenses!


Juninho, com 3 anos

Continue lendo >>
Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO