quarta-feira, 29 de abril de 2009

São Marcos no game

Esta imagem aqui estava circulando no orkut.

É uma representação de nosso santo arqueiro para jogar no videogame. Fizeram o mod do Marcos usando a camisa branca, a "terceira camisa de goleiros".


Como é que esses caras conseguem fazer essas coisas?

O autor é desconhecido, mas o trabalho ficou legal. Se alguém souber quem fez, pode dar um toque, falou?

Continue lendo >>

segunda-feira, 27 de abril de 2009

YES WE CAN!!!!!!!!!!!!!

Achei esse videio muito legal.

Precisamos e vamos acreditar numa vitoria quarta em Santiago do Chile.

Estamos de acordo com a campanha “Yes, we can”, idealizada pelo ouvinte Guile Canhisares Amadeu, foi além dos seus sensacionais posteres.

Desta vez, o Guile legendou o clipe da música “Yes, we can” com uma letra (composta por ele próprio) para motivar a torcida e o time para a verdadeira decisão que o time que vamos encarar contra o Colo Colo, depois de amanhã, em Santiago.

Para variar, ficou emocionante. Yes, we can!

Créditos: Blog Mondo Palmeiras

Continue lendo >>

Camisa Rhumell com patrocínio... Rhumell!

Muito interessante esta camisa. Vejam vocês, na falta de patrocinador para estampar na camisa, a Rhumell decidiu ela mesma bancar o patrocínio do time.


Isto aconteceu em 1994, com o uniforme de nosso time de Futsal.
Bom, não sei direito como é que foi que aconteceu esta história. Se alguém souber de mais detalhes, nos conte. Ou o próprio Luiz Pardini, dono desta maglia. Pardini, tá sumido hein!


Acho que é bem raro esse caso do fornecedor estampar o nome no lugar do patrocínio, não?
Cada história curiosa deste manto...

Continue lendo >>

Camisa Branca

Achei essa montagem no Forum Só Palmeiras
Eu particularmente achei a camisa muito bonita e de bom gosto.
O detalhe na gola, antes q perguntem não e um ziper.

Continue lendo >>

sábado, 25 de abril de 2009

Promessas

Os amigos do Siamo Palestra! estão aprontando. Vejam só a promessa que eles fizeram.

Bem, trata-se de uma promessa bem original, sem dúvida!



Eu e meu amigo Elton - ambos criadores do Siamo Palestra! - nos juntamos a mais um amigo e fizemos uma promessa, ontem, logo na entrada do Parque Antarctica: caso o Palmeiras alcance o título da Libertadores, iremos cada um comprar um maglia oficial do Verdão.

"Mas e daí?", perguntará você, "nada mais normal".

Sim, seria normal se não fossem 3 camisas especiais: uma 14, uma 16 e uma 24. Ou seja, maglias personalizadas de Fabinho Capixaba, Jefferson e Evandro - nossos três piores karmas.

Temos ido a todos os jogos no palestra e eu já estou separando o dinheiro.

Henrique Rojas

Hehehe, esse pessoal viu... Seria interessante se o título viesse de gols desses ídolos supra-citados aí, já pensou? rsss.

E você, tem alguma superstição, fez alguma promessa este ano? Conte aí na caixa de comentários. Não precisa ser promessa ligada à camisa do Verdão, ok.

Continue lendo >>

Férias

Pessoal,
parto agora para uma viagem de uma semaninha. Não sei se vou ter tempo para postar de lá. Então, deixei alguns posts programados para serem publicados, assim vocês terão algo para ler e comentar nesse meio tempo, ok.

Até a volta! (tomara que com o Verdão classificado)

Continue lendo >>

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Coca-Cola branca

Percebi que ainda não tínhamos publicado nenhuma Coca-Cola da branca por aqui. Lacuna grave!


Vamos reparar essa falha com esta jóia que pertence ao Vinicius Zamora. De babar, não?

Ele reporta que ela é do ano de 1989.
Adidas, símbolo do Verdão negativo, número com o trefoil. Um clássico.


O Vinicius possui uma coleção respeitável, tem muito material que iremos postar aqui.
Aliás, já vi que vários Vinicius passaram este blog. É nome de palmeirense, pelo jeito. Além dos Andrés e Guilhermes, também. Dá até para fazer uma estatística!

Mas, voltando ao assunto da camisa branca; você prefere com o patrocínio em vermelho ou em azul?

Continue lendo >>

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Sai Suvinil, entra FastShop?

Atenção, informações sobre o patrocínio nas mangas e no calção!

Parece que o contrato com a Suvinil se encerra neste mês de abril, e não será renovado. O próximo patrocínio seria da Fast Shop, a rede varejista de eletrônicos. Tal acordo teria sido costurado pela própria Samsung.

Vale lembrar que a Fast Shop também está nas mangas do uniforme do SPFW, e foi levada para lá pela LG deles (impressionante, a Fast Shop deve vender muuito, para ser tão queridinha pelos fabricantes de eletrônicos).

Vi esta notícia no Radar On-Line da Veja e no Nação Palmeiras.

Como já estamos no final do mês, devemos ter novidades em breve, caso se confirme essa notícia. Vamos aguardar então maiores detalhes!

Continue lendo >>

terça-feira, 21 de abril de 2009

Hoje a LDU vai ter que pagar o pato

Post para dar sorte: Este aqui é o manto que nossa squadra irá vestir e honrar hoje contra a LDU.
Sim, eu acredito! (*)


Exemplar belíssimo e original da camisa oficial da Libertadores, e que pertence ao palestrino colecionador Vitor Galluzzi, outro felizardo que tem uma coleção fantástica.


Como vocês já sabem, esta tem o patch de 50 anos de Copa Libertadores. Show de bola hein. Camisa do Pablo Armero, jogador cujo futebol ao contrário de alguns aí, eu aprovo.

Scoppia Palestra!!!

(*) Eu acredito, mas é claro que estamos de olho no senhor, profexô.

-----------
edit:
É, deu certo pessoal! Verdãooo!!!

foto Terra

Continue lendo >>

Montagem: listras grossas

Uma montagem para quem gosta de camisa listrada:

O Gabriel Tosto Corrêa fez este caprichado mock-up com as listras mais grossas, mais largas. Valeu, Gabriel!


Segundo o Gabriel, esta camisa ainda tem detalhes em vermelho em homenagem à Cruz de Savoia e entre uma listra e outra há um filete vermelho, como na Rhumell do Mundial Interclubes (mas aquela era com listras verticais).

Acho que eu não havia visto uma montagem com listras grossas assim. E aí, o que você achou? Compraria uma dessas?

Continue lendo >>

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Saudações de Sergipe

Vamos lá pessoal, ânimo!

O jeito é tomar como exemplo esse pessoal animado de Aracaju. Vejam como tem palmeirense de monte neste país! Esta é a mensagem do palestrino Antônio Xavier:


Segue em anexo algumas fotos do agasalho que já foi motivo de vários post's em seu blog. Pois agora tem um aqui no nordeste... em Sergipe, para ser mais preciso.
Somos uma galerinha de Aracaju/SE. Tudo Palmeiras man! Só podia...
O de óculos (com camisa verde-limão) sou eu, Antônio.
e o feliz dono do agasalho é meu irmão caçula de coração, Will, o agasalho foi um presente de aniversário meu p ele.
Compra feita através do onion bag que vc mencionou num de seus post's.
Os outros dois são André (sem camisa do Verdão, tinha saido do trabalho) e Cleston (outro de camisa verde-limão).
Saudações alviverdes cara!!


Manda um abraço para a galera palmeirense de Sergipe man... além dos citados acima, meus brothers Filino, Cezinha, Diego, Netinho e Sérgio.
Aqui em Aracaju/SE há uma grande concentração de palmeirenses, em especial com menos de 25 anos de idade.
Falows...

É bom ver gente contente assim, parece que a festinha de aniversário foi boa. Só faltaram as garotas, hein seu Antônio rsss.


O agasalho está parecendo bem bonito nessas fotos... E que legal que o OnionBag entregou direitinho. Eles podiam me passar uma comissão, hehe.

Valeu Antônio, e mande um abraço para todos aí. Em Sergipe eu só conheço Mangue Seco, quando passei de carro por aquelas bandas. Ah, mas lá ainda é Bahia ou já é Sergipe? Nunca sei direito...

Continue lendo >>

domingo, 19 de abril de 2009

de cara nova!

Óia só, o chão tá brilhando, tá tudo cheirando a tinta ainda!

Sim pessoal, este fim de semana foi de muito trabalho, fiz algo que já estava precisando fazer há algum tempo: atualizei o template do blog e deixei o layout mais arejado. O que vocês acharam?

Só para lembrança, uma fotinho do template antigo:


Pediria aos amigos que se notarem algum link quebrado ou diagramação má feita que me avisassem, ok!

Continue lendo >>

sábado, 18 de abril de 2009

Palestina

É com pesar que fazemos esta postagem. Foi feita através de informações trazidas pelo Fernando Miller e pelo Bordallo.
Foi veiculada uma cena na TV brasileira sobre os conflitos no Oriente Médio, na região da Cisjordânia, em que um palestino que estava usando a camisa do Verdão é atingido por um tiro do exército israelense e acaba falecendo, agonizando na frente da câmera.
:-(

Homem palestino é morto com a camisa do Palmeiras na Cisjordânia
Redação
iG Esporte

Nesta sexta-feira, na Cisjordânia, um palestino foi assassinado por um soldado israelense. A notícia, que geralmente teria espaço apenas no noticiário sobre a guerra palestinos x israelenses, acabou associada ao futebol. Isso porque o homem morto estava usando uma camisa do Palmeiras no momento da execução.

O “palmeirense” Bassan Abu Rame fazia parte de um grupo de pessoas que protestavam contra uma barreira erguida por Israel para isolar a área palestina da Cisjordânia. O homem foi alertar seus companheiros para saírem de perto de uma cerca, quando bombas de gás foram disparadas em direção aos manifestantes. Bassan foi atingido por uma bala de longo alcance e, apesar de ser socorrido por amigos - que o levaram ao hospital -, não resistiu e morreu.
Embora fosse palestino, Rame vivia nas proximidades de Ramallah, local onde há uma comunidade com mais de cinco mil brasileiros, onde deve ter conseguido o artefato do clube paulista.



É interessante pensar como o manifestante havia conseguido a maglia verde-limão. Pena que tenha sido sob essas lastimáveis circunstâncias.

O Fernando nos lembra que o próprio Palmeiras já foi vítima da intolerância política no passado e propõe que o time deveria entrar em campo de luto na partida contra o Santos.
Não sei se o Palmeiras deveria se envolver nessas questões, mas na certa a Mancha realizará alguma coisa nesse sentido, pois me lembro que existe até uma facção da torcida que apóia o Hamas.

Continue lendo >>

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Bidê ou Balde, banda palmeirense!

Bom, depois do anticlímax de ontem, vamos pegar um assunto leve por aqui...
O André Ursípedes, o Cintra, estava zanzando pelo fotolog da banda portoalegrense Bidê ou Balde e fez um achado e tanto: uma foto de criança do líder do grupo ao lado do Leão, em pleno campo!


Leão, com sua pinta de galã de comercial da Mash, estava com uma camisa muito legal azul-marinho do Cassino. E o Carlinhos Carneiro, o vocalista, era um garotinho na época mas olha, parece que não mudou nada de lá para cá. Mas que foto sensacional!


Esse Carlinhos é um figuraça, e a banda Bidê ou Balde é muito boa. Aliás as bandas de rock gaúchas têm renovado mui eficientemente o cenário musical brasileiro, estão de parabéns.

Esta música abaixo é a Melissa, uma de minhas preferidas. Som na caixa!



Ao André um muito obrigado. Passem lá no blog dele!

Continue lendo >>

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Maglia bianca de 1994

Postagem especial para quem está com saudades da camisa branca!


Quem nos envia é o Rodrigo Maida, que está com a faca nos dentes e sangue nozóio para o jogo de hoje contra o Sport!

Essa camisa é a que eu uso quando vou em jogos no Palestra, até hoje e me trás muita sorte; em meados de 94, havia uma loja de fábrica da Rhumell no ABC e foi lá, que junto com meu pai e meu irmão, compramos uma dessa pra cada um, eu quis a do "Animal", apesar de ter tirado a etiqueta, daí um pegou a do Evair e o outro do Edílson, tenho saudades desse esquadrão até hoje!


Esta aqui vocês sabem, está com os emblemas de bi-paulista e bi-brasileiro. Acho que ainda não havia publicado a branca desse ano.

Aê Rodrigo, já que ela te dá sorte, não esqueça de vesti-la hoje hein!

Continue lendo >>

Curiosidade: Velloso com ProOnze em 1990

O Fábio Silva, palmeirense doente e fã confesso do Darinta, nos envia uma curiosidade sobre uniformes de goleiro:

Vejam na foto como o Velloso está usando uma camisa da ProOnze, e não Adidas como o resto do time. Interessante, não?


Será que seria o mesmo caso da camisa dos esparadrapos que já falamos aqui? Fazer camisas de goleiro parece que realmente não era o forte da adidas...

E não sei de onde o Fábio buscou esta foto, se alguém souber me avise que daí incluo o link de origem ok!

Valeu Fábio Silva! Pessoal, o Fábio também é membro da mídia palestrina, ele é dono do peculiar blog de Gionio a Bizu. Passem lá também!

Continue lendo >>

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Camisa goleiro com ombreiras - 92/93


Camisa maravilhosa que o palestrino Osmar Reis, o Mazinho, enviou (caramba, o cara tem nome, sobrenome e apelido de jogadores do Verdão!).

Esta, azul, é uma das camisas de goleiro Adidas que foram usadas em 92 e 93. E olha, o Mazinho deve mantê-la trancafiada em alguma câmara pressurizada com monitoramento de temperatura e umidade - ela parece novinha!


Segue relato:

Lembro que comprei ela no ano em que saímos da fila (Grande Evair!!!)... como eu era molecão nessa época e tinha várias camisas do verde, não lembro a loja que comprei, mas lembro que gastei uma grana pra comprá-la... épocas difíceis... trampava de Office-boy... hahahaha

Repare que no verso da etiqueta da Adidas tem o nº 027324 e o seguinte texto: “O número acima é sua garantia do legítimo produto Adidas. Exija o autêntico.”


A camisa é almofadada nos ombros e cotovelos e está num estado de conservação muito bom, sem rasgos ou bolinhas comuns nas camisas usadas. E por falar em usada, eu usei ela raríssimas vezes, pois eu era muito franzino e o almofadado dos ombros ficava muito alto e parecia que eu estava com ombreiras... imagina a cena, moleque franzino com ombreiras... hahahahahahaha


Realmente interessante o detalhe da numeração na etiqueta, não me lembrava desse detalhe. Mas... fiquei intrigado com esse logotipo da Parmalat, que está meio diferente, faltam as 2 listras horizontais azuis. Será que a camisa é original mesmo?

E a foto abaixo (do site Palestrinos) mostra Velloso envergando esse manto.


Obrigado pela colaboração, Mazinho!

Continue lendo >>

Palestrinos pelo mundo: Panamá

O palestrino Juliano Duarte, de São José dos Campos, fez uma viagem ao Panamá e não se esqueceu de levar camisas do Verdão na mala (hehe, sempre faço isso também).


Fui a trabalho, fiquei 10 dias hospedado na Cidade do Panamá (capital). Mas pude passear um pouco.
Achei interessante ter descoberto que lá eles torcem muito para os times da Espanha, já que o futebol do Panamá não é muito forte.
Mas eles também conhecem nosso futebol e o nosso Verdão! Claro, depois de conversarem comigo, passaram a conhecer mais ainda sobre o Campeão do Século XX do futebol brasileiro!

Foto 1: Eu com o manto em frente à guitarra do Hard Rock Café da Cidade do Panamá.
Foto 2: Eu com o boné do Verdão e a camisa da FEPAFUT (Federación Panameña de Fútbol) na Cidade do Panamá.



Caramba, não sei se vocês assistem o seriado "Prison Break", mas acho que algumas cenas da terceira temporada se passavam exatamente nesse lugar da segunda foto.
Valeu Juliano!

Continue lendo >>

sexta-feira, 10 de abril de 2009

O amor é verde

Pessoal, ficarei longe do compiúter neste fim de semana. Então fiquem com esta postagem aqui, que vem a calhar com o clima de Páscoa, falando sobre amor - eu diria que é uma verdadeira declaração!
:-D


Contribuição da Fabiana Medeiros Costa, ou Fabi, que fez um relato completo. Aliás é muito raro contribuição de palestrinas por aqui. Meninas, cadê vocês hein?

Meu nome é Fabiana, sou de Sampa, frequentadora assídua do Palestra e do blog!
Estou enviando as imagens da minha camisa preferida do Palmeiras que, se não me engano o nosso Verdão utilizou à partir da temporada 93-94, durante a fantástica era Parmalat, mas não tenho certeza da época correta. A história dessa camisa é curiosa, pois teve inicio nessa época e só terminou em 2008... Vou explicar pra vocês:

Na época eu devia estar com 13, 14 anos, e minha irmã, fanática pelo Palmeiras, me presenteou com essa camisa de treino. Sabe como é, época de ouro para o Verdão, eu praticamente não a tirava do corpo! Alguns anos depois, como era de se imaginar, ela ficou totalmente destruída! Foi quando minha mãe (que não aguentava mais ver a filha usando um "trapo" como ela mesmo dizia), jogou no lixo o meu primeiro manto verde (e sem me avisar!). Fiquei louca, mas com o tempo superei, pois mantinha comigo a esperança de um dia, quando sobrasse uma graninha, conseguir comprar uma igual, pagando o que fosse preciso.


Mas... muitos anos depois, em 2007 comecei a namorar (meu amor é Palmeirense também e tem fanatismo idêntico e enorme pelo Palmeiras - Graças a Deus!!! - e sabia dessa história da camisa de treino). Em 2008, eu já com 28 anos, quando fizemos 1 ano de namoro, meu amor me presenteou com a camisa que tinha desde a mesma época e que tinha mantido guardada para me dar em uma data especial!!! Na hora até chorei! Esse com certeza foi um dos melhores presentes que ganhei e serei eternamente grata ao meu grande amor por isso (Te amo Dani!!!).

Pelo tempo de vida, ela até que está em bom estado. Claro que agora será usada com moderação e com o maior cuidado possível, para que a história não se repita! Bom acho que é isso. Beijo grande.


Obrigado pela contribuição Fabi!

Aí hein sr. Dani, essa aí é pra casar hein! Pára de enrolar a moça pô! rss

Continue lendo >>

Palmeiras em Pernambuco

Escudo do Palmeiras de Petrolina, fonte: distintivos.com.br

O Ronaldo, nos comentários do post anterior, lembrou de um assunto pertinente: vi um pessoal por aí faltando com respeito aos pernambucanos (em grande parte por culpa do clima de guerra promovido pelos dirigentes do Sport). Gente, calma lá. Sem generalizações. Não se esqueçam que o Nordeste, Pernambuco incluído, tem um enorme número de palmeirenses.

Afinal, Rivaldo é pernambucano também, não é?

Existem até clubes que homenageiam o Palmeiras naquele estado:

Temos por lá: o Palmeiras de Petrolina, bom clube, que joga a Liga Amadora. Temos o Palmeiras de Passira, tradicional e importante clube social e que já disputou as divisões inferiores do Pernambucano. Temos o Palmeiras de Bezerros, o Palmeiras de Santo Amaro, o Palmeiras de Porto da Lagoa, ou seja, vários clubes que surgiram em homenagem ao Palmeiras, e tudo começou na excursão de 1955 onde o Palmeiras terminou como campeão do Cinquentenário do Sport Club do Recife. (informação de Luciano Pasqualini)

E se algum irmão palestrino pernambucano tiver alguma camisa destes "Palmeiras alternativos" aí, mande fotos pra gente que publicaremos aqui também!

Continue lendo >>

quinta-feira, 9 de abril de 2009

E o misticismo continua


Sim, amigos: jogamos de meias brancas ontem, as infalíveis meias brancas!!!

Dá-lhe Verdão!!!
Estamos vivos, mais vivos do que nunca!



Veja a foto do placar na Ilha do Retiro, anotamos dois lá.
Foto esta que foi tirada pelo Dário, o cônsul do Palmeiras e do Maglia Verde lá em Recife.
Ele foi um dos responsáveis pela boa recepção e suporte de nossa delegação, vocês sabiam?.


Finelli, Dário Gomes e Edu de João Pessoa


Valeu Dário, valeu Diego Souza, valeu Luxa, valeu time!

A Taca Libertadores é obsessão!

Continue lendo >>

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Palmeiras CEUNSP Salto, um time campeão

Esta aqui vem da lavra do nosso amigo Neto de Itu.
Trata-se de um exemplar do time de futebol feminino Palmeiras-CEUNSP-Salto. Salto, para quem não conhece, é uma cidade do interior paulista considerada estância turística, fica pertinho ali de Itu e Indaiatuba.


O time da cidade disputa competições em parceria com o Palmeiras desde o ano passado e é um time bem montado. É o atual campeão dos Jogos Regionais e prata dos Jogos Abertos. Só podia ser, não é mesmo!


A camisa chegou até as mãos do Neto através do pai dele, que a ganhou de um dos diretores da CEUNSP (Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio), que é a universidade saltense. Obrigado por ter enviado Neto!


Para mais informações do time veja o website deles (neste link), que aliás está muito bem organizado. Parabéns para as meninas!

Continue lendo >>

Verdão também em Cingapura

E nossa seção internacional vai crescendo... Olha aí mais um país em que fincamos nossa bandeira: Cingapura, a progressista cidade-estado no Sudeste Asiático.


O Guilherme Offspring mandou fotos do amigo dele, que encontrou a camisa à venda por lá.
O nome do figura é Antonio Alemão, e ele virou casaca pois era flamenguista antes, mas decidiu torcer para um time bão mesmo.


Saudações, Guilherme e Antonio!

Continue lendo >>

terça-feira, 7 de abril de 2009

Estamos twittando também!


Como alguns já devem ter percebido, agora estamos também no twitter.
(ainda aprendendo como mexer nisso... twitter era pra mim um alto-falante para por no carro... ou será que era tweeter?)

Sigam-me os bons!

Continue lendo >>

segunda-feira, 6 de abril de 2009

C4M154 P4LM31R45 54M5UN6


Vejam só que honra: o parceiro Conrado Cacace, do Parmerista, nos envia e-mail com fotos da camisa com o logotipo 54m5un6. O Parmerista, para quem não sabe, foi uma das inspirações para o surgimento do Maglia Verde.


No último clássico contra o SPFC, alguns blogueiros estiveram presentes a convite da Samsung para participar da divulgação do Scrapy, e vestiram estas camisas. O logotipo, que chamou bastante atenção do público, está escrito no alfabeto leet, que substitui letras por outros caracteres.
(dá para perceber que a adidas estampou o novo logotipo em cima do Samsung original da camisa)


Show de bola! Olha, eu que não tinha gostado muito deste logotipo, passei a gostar muito. Afinal foi mais uma grande inovação, legal dar uma mudada. Além de, é claro, ter sido uma belíssima jogada de marketing.

Continue lendo >>

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Uai, camisa do Palmeiras... da Penalty?

O quê? Palmeiras vestindo Penalty?


É mesmo uma coisa inimaginável, mas veja as fotos. O dono desta curiosa camisa é o manchista Henrique Leal Pedrotti, e a história de como ele a conseguiu é muito legal. Veja:

"No ano passado fui para Vila Belmiro ver o jogo do Palmeiras x Santos pelo Campeonato Brasileiro.
Antes do jogo na rua da entrada dos visitantes, eu vi um senhor usando essa camisa.
Estranhei porque nunca tinha visto aquele tipo de camisa, aquele tipo de Tecido, mas deu para ver que a Camisa era antiga.

Abordei o senhor, uma pessoa muito humilde, perguntei para ele sobre a camisa, ele disse que era de 76 a camisa. Conversei com ele por uma meia hora, perguntei para ele em um tom de brincadeira se ele me vendia a camisa, não deu outra, disse que vendia, paguei 70 reais mais uma camiseta da Mancha que eu tinha na Mochila.
Bom, não sei a autenticidade da Camisa, muito menos o ano.
O que eu acho estranho é a etiqueta da Penalty."



O blogueiro aqui agradece, viu Henrique.

Pode ser mesmo que a camisa seja original, do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça.


Em 1976, por exemplo, ainda não tinhamos contrato de exclusividade com nenhuma marca especifica. Alguém sabe de mais detalhes, se ela é original?
Que é antiga, é mesmo. O tecido meio brilhante, e o escudo bordado não deixam enganar! (engraçado que o distintivo tem 8 bolinhas em vez de 8 estrelas)

E sempre digo que esses relatos são um barato. Acompanhar o Verdão nos jogos fora da cidade proporciona essa chance, de encontrar palestrinos das antigas espalhados pelo país.
Se alguém tiver mais informações, não se acanhe e ajude aí na caixa de comentários!

Continue lendo >>

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Mais sobre Cassino & Shark


Pessoal, este post de hoje traz mais esclarecimentos sobre o patrocínio da Cassino-Galeria Pagé de 86. Quem conta é o sr. Oscar Antonio Cunha, que era o então Diretor do Departamento de Propaganda e Comunicação nos anos 80. Sua gestão trouxera inovações na época como a primeira Revista do Palmeras e o Disk-Palmeiras, entre outras.

Estes detalhes vieram através do filho do seu Oscar, o Cristiano Badpork - que faz parte do Fanfulla e também participa da política da SEP. Como ele acompanha a Mídia Palestrina, já se vê que ele terá uma brilhante carreira no clube!
;-D

Mas vamos aos detalhes da história:

"Realmente foi uma época charmosa.
Com relação ao detalhe em que o Palmeiras no 2º jogo contra a Internacional de Limeira não jogou com o patrocínio da Cassino é que o patrocinador pagava a bagatela de US$ 5.000,00 por jogo, contrato firmado para o Campeonato Paulista 1986, e alguns jogadores (que não vem ao caso aqui agora falar em nomes) comandaram um levante em que eles exigiam US$5.000,00 para cada um deles no jogo final e o falecido Sr. Nelson Duque presidente do Palmeiras na época não conseguiu demove-los desta reivindicação, pois temia melindrar os jogadores com risco de perder o campeonato. O patrocinador não teve meios para poder arcar com o valor exigido e foi por isto que jogamos sem patrocínio.

Visto tudo isto, já naquela época os jogadores não mais jogavam com amor à camisa.
A conquista da Internacional foi muito complicada, os dois jogos finais foram disputados na capital, com o estádio dominado por palmeirenses, que não comemoravam um título desde 1976. E tiveram que esperar mais 7 anos, pois a taça foi para Limeira.

Obs: Shark nas costas da camisa era um fabricante de pulseiras para relógios de pulso."

Oscar Antonio Cunha


Seu Oscar e Cristiano, obrigado pelas ricas informações! Muito interessante saber dos detalhes e dos valores daquela era charmosa - ainda bem que os valores aumentaram "um pouquinho" né! Também foi esclarecedor saber da existência de atletas mercenários já naquela época. Maledetos!

(imagens site GazetaPress)

Continue lendo >>
Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO