quarta-feira, 31 de março de 2010

Camisa Magrão - Palmeiras 1998


Quem contribui com fotos nesta postagem aqui é o palestrino André Luís Machado. Caramba, estas fotos estavam perdidas na caixa de e-mails, desculpaê e valeu @andremachado!

Vamos a elas:


Esta camisa listrada em 2 tons de verde é de 1998, esse número era do Magrão, atacante, aquele que meteu 3 no Curintia logo após ter estreado como profissional.


Gosto muito desse padrão, acho que foi um leve resgate da camisa listrada, mas sem usar o branco. Boa a idéia de se usar dois tons de verde. Na barriga também outra idéia inusitada da Reebok: uma espécie de escudo estilizado, como se fosse impresso em "marca d'água".
Na manga direita, o distintivo do Palestra Italia, numa homenagem simpática.


Olhando esta foto, achei estranho porque eu não lembrava como esse tecido era transparente (ou a câmera do André Luís é que é poderosa, rss).

Falando nisso, que fim deu o Magrão dos anos 90? Ele era bom, eu botava muita fé nele devido ao ótimo retrospecto nas categorias de base. Pena que não estourou no profissional (com exceção do clássico de 21/05/1995, onde ele fez 3 gols do SCCP, como o André já comentou).
Para a molecada mais jovem, atenção: esse Magrão do número 23 é o Giuliano Tadeu Aranda, não é aquele Magrão traíra que esteve mais recentemente no Verdão, ok!

Continue lendo >>

Camiseta Onda Verde, de Cambé-PR


Sempre se soube que no interior paranaense tem mais torcedor do Palmeiras do que torcedor de times do próprio Paraná. E o palestrino José Enrique Angeli nos confirma isso. Vejam o que ele nos conta, diretamente de Cambé, região de Londrina:

Primeiramente, achamos muito legal este blog, onde resgata nossa identidade com o Palmeiras e gostariamos de enviar as fotos da nossa camisa promocional onde divulgamos a nossa festa em Cambé-PR, realizada todo ano com a presença de ex-jogadores e diretores do Verdão, esta festa consegue reunir mais de 600 palmeirenses apaixonados e que foi idealizada por um grupo de amigos onde fundaram a SALA VERDE, local para assistir os jogos do Verdão, e nosso próximo dia 15-05-2010 temos a pré-festa que contará com a presença de Jorginho e Marcio Alcantara, ficando o convite para vcs.

Foto do símbolo do Sala Verde:


A camiseta deles na Academia de Futebol, com o Danilo:


A Festa Onda Verde, realmente um grande evento. Não imaginava que houvesse algo grande assim, fantástico.


Obrigado, José Enrique, pelas fotos e pelo convite! Aí pessoal, quem estiver a fim de ir para a festa é só contatar o pessoal da Sala Verde:
www.salaverdecambe.nafoto.net

Continue lendo >>

terça-feira, 30 de março de 2010

Uniforme de treino 2001

E neste post aqui, publico as fotos bem tiradas do palestrino Eduardo Damiani. Esta camisa ainda não tinha aparecido no blog, valeu!


"Segue uniforme de treino do Palmeiras segundo semestre de 2001, na época com o novo patrocínio com a Pirelli.", escreve o Eduardo.
É verdade, esta foi a primeira camisa de treino que apareceu com a marca da Pirelli. Está bem elegante esta camisa hein, embora não tenha muita ousadia - ela usa cores bem comuns para o equipamento de treino dos atletas do Verdão.


As fotos estão muito boas, com boa qualidade, usando um fundo que contrasta bem com o verde e, bastante importante, não estão no chão!

Nosso costumeiro colaborador Marcelo Moraes Martinelli é que tem aflição a cada vez que vê a foto de uma camisa no chão (aliás faz tempo que não vejo o MMM por aqui). Ele sugere uma mini-campanha para o blog, com a qual tenho que concordar:

Mande sua camisa do Palmeiras sem estar no chão!!!!!
Nosso manto não merece estar no chão, mesmo para um clique.

Ponha em cima da cama, "vestida na cadeira", no corpo, em qualquer lugar, mas não no CHÃOOOOOOOOOO!

Continue lendo >>

segunda-feira, 29 de março de 2010

Palmeirense em Piranguinho

Em mais um giro pelo mundo, este é um post mostrando o pessoal se divertindo nos blocos de carnaval de Santa Rita do Sapucaí, Piranguinho e região... Fotos enviadas pelo palestrino Luiz Matayosi.

Sempre acompanho o blog e acho muito bom mesmo! Mostra como nossa torcida se orgulha de sair com a maglia pelo mundo afora!

Eu como bom Palmeirense toda vez que viajo faço questão de levar pelo menos uma camisa do Palestra comigo, no último carnaval estávamos numa galera de 30 pessoas, num dia do bloco saí de STA RITA DO SAPUCAÍ e fui até PIRANGUINHO! A CAPITAL DO PÉ DE MOLEQUE NO BRASIL! é mole? nem sabia que existia isso, fizemos questão de tirar uma foto lá em Piranguinho! eu estava com a camisa do Palmeiras na mão no momento, mas vale aí o registro! camisa de 2008 cinturato p4 adidas verde! passou pela capital do pé de moleque!


Em anexo uma foto da camisa na qual não me lembro o ano certo mas sei que é da década de 80, um amigo me deu enquanto estava de recuperação de uma operação no joelho, o número dela é 15 era de jogador mesmo... atraiu muitos elogios lá em FERRUGEM/PRAIA DO ROSA no final do ano! realmente a camisa é show! o mais legal era os hermanos que passavam e reconheciam a maglia palestrina mas não reconheciam a dos gambás! hahaha sensacional!


Legal Luiz, mas pô, vc quer me derrubar, as camisas do Palestra quase não aparecem nas fotos! Mas OK, quebrei seu galho e publiquei aí suas fotos, parece que a farra foi boa hein!

Continue lendo >>

quinta-feira, 25 de março de 2010

Réplica Palestra Italia 1915

O clima hoje não é dos melhores para o palmeirense. Para dar uma melhorada no astral, que tal esta bela peça que relembra os bons tempos da Societá Sportiva Palestra Italia!


O dono da maglia é o palmeirense Reinaldo Gonçalves de Oliveira Filho, que parece que nos acompanha faz tempo. Valeu Reinaldo! Ele nos conta mais sobre sua mais nova aquisição:

Sou fã assíduo do blog há muito tempo! Por motivos "preguiçais" como diz um amigo gambá, nunca mandei minha colaboração, embora já tenha vasculhado o blog inteiro (inclusive os comentários sobre cada post hehe).

Adquiri uma maglia do nosso saudoso Palestra e como não vi esta peça preciosa por aqui, estou deixando a dica.

Esta é uma réplica do nosso primeiro manto, datado em 1915. Com a cruz de Savóia ao lado esquerdo do peito, uma faixa branca horizontal, manga longa e cadarços verdes, está muito classuda!!!

Não sei ao certo até que ano utilizamos esta maglia. Em 1920 quando conquistamos o primeiro título, já utilizava-se outro modelo todo verde.

Pra quem quiser adquirir esta maglia, achei ela no site www.ligaretro.com.br. Comprei pela net e chegou em 3 dias. O site conta com 2 lojas no Rio de Janeiro. PS: Não é merchan, e sim um serviço de utilidade pública a todos os palmeirenses hehe!!!

Saudações palestrinas!



Não conheço os produtos desta marca, que parece que não é licenciada oficial do Palmeiras, mas fiquei impressionado. A qualidade da camisa parece ser muito boa mesmo. E o Reinaldo está certinho, "classuda" é a descrição ideal para esta maglia hein!


Como será que ela fica no corpo? O caimento é legal?

Continue lendo >>

quarta-feira, 24 de março de 2010

Montagem: faixas em dois tons de verde

Ôpa, fazia mesmo um tempinho que não publicávamos montagens aqui, não?
Pois vejam este mock-up realizado pelo palestrino Cesar Rosa.



Faz um tempinho que eu não apareço , mas resolvi montar uma nova camisa do Palmeiras.

Não acho que tenha nada de extraordinário nesta, mas como a Adidas lançou ela para o Chelsea, nada mais justo de criarmos uma versão Palestra né?
Espero que goste!

Pô, e não é que ficou maneira essa proposta? Gostei, o Verdão já usou faixas em dois tons de verde como em 1998, mas eram sempre listras na vertical.
Por outro lado, nessas cores, ficou parecendo um gramado de campo de estádio europeu, rsss!

Diga aí nos comentários, você compraria uma camisa destas? Gostou da proposta do Cesar?

Esta é a camisa original da qual o grande Cesar tirou a idéia, é a camisa away do Chelsea, 2009/2010 (créditos site jerseybox.com):

Continue lendo >>

Palmeiras & Penalty

E pinga aqui no blog mais uma camisa da Penalty. Bem parecida, diria igualzinha à que publicamos há quase um ano atrás, aquela do Tiago Giusti.

Esta aqui quem nos enviou foi o palestrino Rodrigo Versollato, do ABC em São Paulo.


Segue relato do Rodrigo:

Estava indo jogar bola aqui no ABC paulista e me deparei com um amigo meu com essa camisa indo jogar, como colecionar perguntei se ele trocava comigo e ele disse que trocava, mais eu tava pesquisando e queria saber se essa camisa em algum ano o time usou, pois até estranhei que tem um numero costurado a mão, o meu amigo disse que era do vô dele em 19..... não sei o ano, mais faz tempo, alguem sabe alguma coisa sobre essa raridade???



Já contamos a história desta camisa aqui. A Penalty nunca forneceu uniformes oficialmente para a S.E.Palmeiras, ela fabricava camisas para vender para torcedores, simplesmente. Não havia, até os anos 90, nenhum cuidado ou preocupação do clube em proteger sua imagem ou direitos de copyright - nem se sabia o que era isso. Por isso haviam várias marcas no mercado comercializando produtos do Verdão, sem o clube ganhar um tostão com isso. E era bem comum vermos o escudo do Palmeiras do jeito que está aí nessa camisa. Curioso, mas meio desajeitado.

Mas, por outro lado, naqueles tempos não haviam produtos oficiais à venda, era muito difícil o acesso a eles. Então estas camisas como a da Penalty é que fizeram a cabeça dos torcedores na época, e que marcaram a vida de muitas crianças palmeirenses. Sim, estas camisas ajudaram a formar nossa imensa nação de 15 milhões de torcedores. Portanto, claro que merecem lugar aqui no blogue também.


Muito bacana esse número costurado à mão. Isso é o que eu chamo de roots!


Valeu Rodrigo, obrigado pelas fotos! Uma camisa antiga dessas e com o pano ainda em bom estado tem lugar em qualquer coleção. Agora, o teu amigo realmente jogava bola com ela mesmo? Com uma camisa herdada do avô?

Continue lendo >>

segunda-feira, 22 de março de 2010

Camisa comemorativa Brasileirão 93

E esta camisa aqui o palestrino Yukio Abe separou para compartilhar com a gente.


Ela traz em destaque o Periquito, o mascote do time, no desenho tradicional, com o pito na boca.
(o desenho do periquito mais moderno, todos nós sabemos que acabou sendo copiado pelo Walt Disney quando ele fez o Zé Carioca... humpf)

Esta camiseta comemorava o título de Campeão Brasileiro de 1993. Realmente eram boas épocas!


Esta camisa é bem simples, de algodão - terá sido uma camisa promocional para a empresa Parmalat, ou alguma espécie de brinde? Sinceramente não me lembro direito. Veja nas costas, a logomarca da multinacional italiana estava em destaque.


Obrigado Yukio, valeu pela colaboração!

Continue lendo >>

Palmeirenses de Vitória da Conquista

Enquanto isso, na Bahia...
o insuperável e inigualável Armero andou fazendo sucesso. O Armeration virou hit até na própria terra do Parangolé.

Não temos muito o que comemorar depois deste final de semana, mas achei que o ritmo combinou com as fotos que o palestrino Alessandro Oliveira nos enviou. Ele também é da Bahia, não exatamente de Salvador; é mais pro lado do Sertão, da cidade de Vitória da Conquista. Ou simplesmente Conquista, como o pessoal de lá chama.

No ônibus, rumo a Salvador:


No Barradão:


Eu sou Alessandro Oliveira, moro em Vitória da Conquista - BA.

Estou enviando algumas fotos entre elas estão fotos da galera Palmeirense de Vitória da Conquista - BA indo para o jogo Vitória x Palmeiras de 30/11/08, além de alguns de meus mantos sagrados e minha Filha Emily.


Valeu Alessandro pelas fotos, legal ver o pessoal palmeirense representando aí em Conquista! Até lota ônibus! E parabéns pela princesinha, tá bem encaminhada!

Continue lendo >>

sexta-feira, 19 de março de 2010

Queima de estoque

Dica rápida dada pelo brother Hermes Serigati:


Ele tirou foto da vitrine da loja oficial do Palmeiras, aquela que fica agregada ao estádio. Como podemos ver, uma verdadeira queima de estoque das camisas 2009/10!

Segundo o amigo João Crespo, é claro indício de que a camisa 2010 vem aí!

Por esse preço, será que compro mais uma verde? Gosto muito desta nossa maglia atual!

O Hermes ainda avisa que a a loja oficial tem à venda uma camisa branca manga longa de jogo do Anselmo, por R$ 125,00. Igualzinha a esta aqui:


Valeu Hermes e Crespo, aquele abrazzo!

Continue lendo >>

Lincoln 99


Lincoln, nosso promissor maestro do meio-campo, já havia feito um partidaço contra o Santos. E na partida contra o Papão, repetiu a dose e ainda fez um golaço.


Mas só um detalhe: o atleta de personalidade está jogando com a camisa de número 99, que era em alusão ao número de gols em sua carreira até então. Mas e agora, depois do golaço no Paysandu? Ele vai jogar com número 100?
Bom, de minha parte, só torço para que esse número aumente cada vez mais!
:-D

(imagens Globo Esporte)

Continue lendo >>

quarta-feira, 17 de março de 2010

Garimpando em Porto Velho

O QUÊÊÊ!!! CARACA! CARACA! CARACAA!

Desculpe, pessoal, mas não pude evitar de soltar algumas exclamações de surpresa e incredulidade.


Sim, é possível ainda comprar camisas do Palmeiras dos anos 90 e 2000, originais e novas na embalagem. Como? Ah, através do site (?) de uma loja de Porto Velho, em Rondônia (?).

Parece mentira, não é? Mas é a pura verdade, a loja é a Globo Sport Porto Velho. Conversei com o consultor de vendas, o Harrison, que confirmou: são peças que permaneceram esquecidas no estoque da loja, talvez tenham sofrido alguma ação do tempo, mas as camisas nunca foram usadas, são novas! É o que em inglês os colecionadores gringos chamam de NOS (New Old Stock).


Quem encontrou esta dica preciosíssima foi o garimpeiro palestrino Guido Sarin Junior!

Para um colecionador, nada como uma expedição arqueológica-virtual. Brincando no Google, fiquei jogando palavras como Palmeiras, Reebok, Adidas, Rhumell e Diadora entre outras.

A maioria das lojas tinha uma descrição padrão: camisas Adidas, Savóia, blá-blá-blá. Porém, topei com um site de uma loja em Porto Velho.
A loja chama-se Globo Sport e chamou-me a atenção pela "distância" e por falar em camisas retrô.

A página inicial do site não chamava a atenção mas decidi "explorar" um pouco o site. Ao clicar em "Linha Retrô/Linha Antiga Original" imaginei que apareceriam as camisetas réplicas que costumamos ver por aqui. Para minha total e absoluta surpresa, estavam anunciadas diversas camisas da época Rhumell e Reebok!

Entrei em contato com a loja e fui muito bem atendido pelo Harrison, que confirmou que estas camisas estavam escondidas no estoque e que eram todas novas e originais!
Os preços estão bons e o envio pelo correio nem fica tão caro!

Vale a pena dar uma olhada:
http://globosportpvh.com/index.aspx procure em LINHA RETRÔ. As camisas palestrinas estão nas páginas 4 e 5.

Finalmente passado o Tsunami dos cartões de crédito natalinos e dos vários Is de começo de ano (IPTU, IPVA, etc.) consegui acertar a compra das minhas camisas!


Eu já finalizei a compra de uma camisa pra mim. Se alguém fechar algum negócio, avise aqui para nós também!
Ah, e eles têm camisas antigas de outros times também. Que achado do Guido. Onde já se viu loja vendendo camisas novas de 15 anos atrás? E lá de Rondônia? Parece história de pescador...
Não estamos ganhando nada, não é nenhum merchã hein gente, é dica de amigo pra amigo mesmo.

Continue lendo >>

Belas camisas de goleiro, anos 90

O palestrino Caio Cassolari, o irmão do Marcelo, mostrou o seu "humilde" armário aqui outro dia (e matou de inveja um monte de gente), e agora resolveu nos mostrar algumas camisas preferidas dele:


Quando te mandei a foto do meu armário um dia desses, um dos comentários pedia que eu mandasse a foto de uma das minhas camisas, então, atendendo a esse pedido, envio aqui duas das minhas camisas de goleiro.
A primeira é a famosa CAMALEÃO, e a segunda é a famosa CUBISMO...
Por favor, mostra essas duas beldades pros nossos amigos leitores do MAGLIA VERDE.


Grazie Caio! Realmente tratam-se de duas jóias essas, a primeira, a Camaleão é de 94; já a segunda o Caio se enganou, nós chamamos aqui no blog de Camisa à prova de balas! Olha as marcas das balas ali, hehe! Esta é 94/95.

Estas camisas fazem bonito em qualquer coleção, com sua profusão de cores e inegável personalidade anos 90. Aliás, acho que esta das balas nessas cores azul e amarelo deve ser inédita aqui no blog, não? Ou estou enganado?

Continue lendo >>

Torcida Palmeiras Laranjeiras

Vejam só. Eu já sabia que em Limeira, no interior paulista, tem muito palmeirense. Mas tem bastante palmeirense também em uma outra cidade "cítrica": Laranjeiras do Sul, no Paraná - lá tem até uma torcida organizada!


Quem nos conta é o palestrino Nereu Junior:

Esta camisa é da nossa torcida aqui de Laranjeiras do Sul - PR, intitulada PALMEIRAS LARANJEIRAS. Contamos com a chefia da uma consulesa do Palmeiras, Erlete Beê, que também é colunista do site www.sepalmeiras.com.br. A torcida começou em 2008, quando Erlete, que anteriormente morava no interior de SP, retornou à Laranjeiras. A torcida geralmente está reunida assistindo o Verdão em bares da cidade. Já fomos assistir também a vários jogos no Palestra Itália, e em Curitiba quando o Palmeiras joga lá. A torcida também realiza promoções e ações beneficentes.
Abraços e Avanti Palestra!


Legal, a camisa é diferentona, com um símbolo grande do Palmeiras em branco. Nas costas, o simpático símbolo da cidade, parece.

Bom saber que alviverdes no Brasilzão inteiro se encontram, podemos nos sentir em casa em qualquer lugar, não é mesmo!?

Obrigado pela colaboração Nereu!

Continue lendo >>

terça-feira, 16 de março de 2010

Não compre gato por lebre

Dica dada pelo Hermes: Fantástico o post do Chiqueiro Verde sobre as camisas vendidas no Mercado Livre.


Nosso amigo Hermes Serigati analisa o panorama das camisas sendo vendidas no famigerado site de leilões - camisas de jogo, autografadas, originais... E dá dicas bastante úteis para saber se a camisa é verdadeira ou não.
Isso é importante, principalmente porque hoje em dia uma "camisa de jogo, autografada", pode chegar a valores como R$400 ou R$500!

O link é este aqui. Valeu Hermes! Ah, a foto foi tomada emprestada da postagem do Chiqueiro Verde, também.

(Pessoal, desculpem pela falta de postagens por aqui. Ando absolutamente sem tempo - mas amanhã vou publicar mais material ok!)

Continue lendo >>

terça-feira, 9 de março de 2010

Camisa Nove

E esta postagem é para a série artística do blog.
O autor desta belíssima imagem é o palestrino Everton Oliveira, fotógrafo dos bons.

A falta que ele me faz


Sou fotógrafo e fiz uma foto da camisa do meu falecido pai..

O título da foto é porque faz falta um camisa 9 pra todos nós, então temos saudades do mestre Evair, e eu do meu velho que usou tanto aquela camisa.


É verdade Everton, a camisa nove tem uma mística especial para nós, principalmente para quem viu El Matador Evair envergando-a em campo!

A foto ficou muito linda, brincou-se com a escuridão e o foco de luz, dando destaque à camisa. Mas ao mesmo tempo a imagem nos transporta para um clima um pouco pesado, melancólico... como se aquela peça nos trouxesse lembranças distantes do passado. Mas também pode significar uma camisa em um vestiário, à espera de um novo matador que honre nossas memórias.
Não sei qual foi a intenção do Everton, mas foi o que senti. Caraca!

Imagem em tamanho grande aqui.

Continue lendo >>

Palmeirenses em Madri

E, no nosso giro pelo planeta, as fotos vêm desta vez da capital espanhola.
O palestrino Augusto Anteghini Oazi, ou melhor, sua família inteira, representou o Verdão. Ele conta suas impressões de como são as coisas lá no estádio do Real Madrid:

Olá, me chamo Augusto e acesso o blog quase todos os dias. Meu sonho é ter uma coleção de camisas, então enquanto não posso, fico vendo essas fotos e sonhando.
Essas fotos eu tirei no Santiago Bernabéu, no jogo entre Real Madrid 2x0 Málaga, dia 24/01/2010. O meu irmão ali de camisa da seleção também é palmeirense só que ele não quis ir com a camisa do Verdão.


O estádio é muito lindo, se a nossa Arena for metade do que isso, já vai estar muito boa. Uma das coisas mais impressionante é que nas arquibancadas tem uns aquecedores enormes, e mesmo com um frio de 2ºC, deu pra ficar só de camiseta dentro do estádio e ainda passar calor. A outra coisa mais impressionante é o tamanho da loja, tem de tudo. A loja tem 3 andares, 1 pra camisas, shorts, meias do Real; outro para canecas e outras coisinhas relacionadas ao Real; e outro com artigos da Adidas que não tem nada a ver com o Real, é impressionante! Nessa loja meu pai encontrou outros dois brasileiros, que também eram palmeirenses, mas não estavam vestidos a caráter.


Valeu Augusto, parece ter sido uma viagem e tanto, parabéns!

Continue lendo >>

segunda-feira, 8 de março de 2010

A designer da Era Diadora

Como hoje é Dia Internacional da Mulher, vem a calhar esta postagem com a então estilista da Diadora na época, Paula Spuch.

Estilista que passou pela Zoomp, Nike, Fila e Adidas, também é esportista, praticante de triathlon - ou seja, entende bem da prática de esporte de performance. Ela foi a responsável pela criação dos uniformes de 2003 a 2005, como gerente de produto de confecção e acessórios na Diadora.


Vou colar aqui um trecho da entrevista, publicado no site (não vão dar risada, hein) WMulher. A íntegra da interessante matéria (de setembro de 2003) está neste link.

WM: Como nasceu o convite para desenvolver o novo uniforme do Palmeiras?
Paula Spuch: Já estava fazendo a coleção da Diadora. Inicialmente quem iria fazer o uniforme seria a Diadora Itália (sede da marca), mas, os desenhos que eles enviaram estavam completamente fora do nosso mercado e me propus a fazer alguns desenhos sem compromisso. Eles adoraram e fizemos a partir daí toda a linha que resultou em 51 modelos.

WM: O que é o conceito "one of eleven"?
Paula Spuch: Como a própria tradução para o português já diz "um de onze", significa que o jogador deve pensar em equipe e não só se ele é estrela do time ou não. A Diadora preza muito o conceito do prazer na prática de esportes. É claro que não estamos desconsiderando a importância de vencer...
Esse conceito é passado nas camisas do Palmeiras numa estampa na forma de onze bolinhas que imitam o posicionamento dos jogadores em campo e que muda de cor quando o jogador atinge a temperatura de 35ºC

WM: O material utilizado nas roupas e calçados esportivos afeta ou é fator decisivo no desempenho dos atletas de elite?
Paula Spuch: A maior importância da roupa para os atletas profissionais é fazer com que ela não atrapalhe seu rendimento. Ela não pode pesar, não pode ter costuras que com o atrito dos movimentos deixe assaduras ou arranhões. Hoje as costuras nas peças dos atletas de elite são minimizadas, os tecidos são leves e tem alta absorção e evaporação do suor. Para esportes como a natação, o uso dos macacões (inclusive alguns até com capuz), podem reduzir décimos de segundos, pois facilitam o deslize na água, e essa "economia" de tempo pode proporcionar até um recorde mundial. Os calçados, se não forem adequados, podem provocar enormes lesões nos joelhos e tornozelos, além de bolhas e calosidades.

Um parabéns a todas as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher! O que seria do mundo sem elas, não é mesmo?

Continue lendo >>

segunda-feira, 1 de março de 2010

Maglia de 1972 - retrô extremo

O palestrino Fernando Psevucki nos pergunta se a seguinte imagem merece ser publicada.


Nao sei se já foi publicada, mas essa que o Dudu e o Divino envergam são impressionantes... e já com uma pegada bem retrô com essas golas... impressionante como a cada dia que passa me convenço que temos a melhor história, inclusive com as maglias.

Será que alguem possui alguma original?

Mas é claro que esta foto merece!
Fantástica essa camisa, fica como mais uma sugestão para a adidas fazer uma versão super-retrô. Se alguém tiver alguma original, não deixe de compartilhar fotos conosco.

Gostei muito da foto e das personagens também. Isto, amigos, é uma imagem épica.

E o Psevucki pergunta se temos a melhor história, inclusive com as maglias... Ainda tem dúvida disso?
:-D

fonte da imagem: site Palestrinos

Continue lendo >>
Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO