quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Super raridade: camisa do Palmeiras 1972

Amigos, ganhei o dia. Ou melhor, ganhei o mês, o ano, sei lá.

Apareceu aquela camisa super-rara de 1972 - a da foto épica do Dudu e do Ademir, lembram? Deste post aqui.


E quem nos presenteia com estas fotos é o palestrino Lucas Finozzi. Veja o que ele tem a dizer sobre esse manto preciosíssimo.

Meu nome é Lucas, sou palmeirense duente, sou rato de estádio e vou em todos, todos os jogos. Sou da Mancha Verde há 5 anos e hoje em dia faço parte da diretoria da torcida, no departamento de patrimônio de festa na bancada. Há um tempo vejo o seu blog que me admira, me espanta e me orgulha muito de nossas camisas, meus parabéns de verdade, um blog muito bom e importante para um colecionador. Coleciono camisas do Palmeiras, coleciono também posters do Verde, estou com uma pá de poster, uns 27.

Mas não tinha ganhado uma coisa tão especial do Palmeiras nunca na minha vida, meu pai tem um amigo que sabe que sou louco pelo Verde e resolveu trazer um presente, juro que quando vi não aguentei e me emocionei bastante em ver aquele manto e que aquilo seria meu!



Se trata de uma camisa do Palmeiras de 1972, que em seu blog tem uma foto do Dudu e do Divino com ela e que você pediu que se alguém tivesse compartilhasse as fotos, aí está. Ele disse que ganhou ela tinha uns 8 anos, ia com o tio dele no estádio e ficava ao lado do banco dos jogadores. Esta camisa era do Alfredo Mostarda, o número 6 da Academia. É linda demais, o diferencial dela é a gola tipo cortada, com um espaço. Dá uma elegância!



Grande Lucas, fantástico, fantástico! Mas que presentaço do amigo do seu pai. É para se emocionar mesmo.

Muito boa a história, e esse manto é maravilhoso, ele transpira história. É como o Lucas falou, essa gola mais grossa e "cortada" dá todo o diferencial a essa camisa.

Vejam o distintivo bordado do Palmeiras, feito na época pela formidável confecção Malhas Pinotti. Alguém sabe se ainda existe esta empresa?


Interagindo com o pessoal aqui e vendo imagens como estas já me dá a certeza de que valeu a pena ter começado este blog. Tenho que agradecer ao Lucas pelas fotos, e pelo trabalho na Mancha. Ele me contou que é um dos responsáveis por bolar e fazer acontecer aquelas festas na arquibancada: plásticos coloridos em verde, branco e vermelho, os mosaicos... Muito bom.

7 comments:

Bruno D'Angelo 6 de outubro de 2010 12:35  

Rapaz, que linda essa camisa!

Aproveitando, vou verificar se meu irmão ainda tem a versão branca dessa camisa. Ele mora na Bahia e a última vez que a vi, ela já estava sem o n° .
Meu pai e meu tio eram amigos do Alfredo Mostarda e depois de um jogo contra o Taubaté, foram todos para casa do Alfredo e meu pai "roubou" a camisa do varal ainda molhada.
Naquela época os jogadores levavam o uniforme para ser lavado em casa.
Se eu conseguir, mando as fotos.

Um abraço.

psevucki 10 de outubro de 2010 21:56  

Caro Erick, te parabeniso por ter conseguido postar esse exemplar e que continue com esse belissimo trabalho. Seu blog é um documento para o nosso Alviverde Imponente!

Lucas, parabens pela maglia!

Psevucki.

Sabrina 13 de outubro de 2010 10:38  

Eu tenho do Martorelli que foi usada em jogo e está autografada. Veja no meu blog! http://defesaqueninguempassa.blogspot.com/2010/05/reliquia-palestrina.html

Leo Avellar 19 de fevereiro de 2014 14:01  

Eu tenho uma com o número 7 mas não sei quem a usava. Adoro essa peça. Alguém sabe quanto vale?

Gui Gemma 19 de outubro de 2015 19:16  

Ola Erick!! Eu acabei de ganhar uma camisa dessa, estava buscando mais informações sobre o modelo e cheguei em seu blog... me passe seu e-mail pra te mandar fotos!!

Luiza Ramos 4 de setembro de 2016 09:49  

Ontem ganhei uma camisa ano 40 ela é linda

Luiza Ramos 4 de setembro de 2016 09:50  

Ontem ganhei uma camisa ano 40 ela é linda

Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO