segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

camisa Palmeiras-SuperBolla-Unimed (!)

Olha só que legal, uma foto muito feliz: Rivaldo, agora presidente do Mogi Mirim, entre Clébão (esse não mudou nada) e Cesar Sampaio, na confraternização que houve ontem, em evento sobre o qual você já tinha lido neste post aqui. Fonte GloboEsporte.


Rivaldo mostra feliz o material esportivo utilizado na partida em seus domínios: camisas confeccionadas pela SuperBolla, uma fabricante de Goiânia, se é que entendi direito.

A camisa homenageia a camisa listrada de 93, com suas listras brancas. O verde está em um tom bem parecido, mas o corte está bem justo, mais atual. E, é claro, um Unimed intrusão no lugar de Parmalat.

Até que ficou interessante, o que vocês acharam? Resta saber se essa ação terá algum problema de royalties, porque o escudo do Palmeiras foi usado, e a adidas tem exclusividade com o Verdão atualmente. Mas acho que não pega nada, devido ao caráter festivo do evento.

7 comments:

Rafael Evangelista 15 de dezembro de 2008 15:34  

Camarada, eu fui nesse jogo. Foi muito bacana. Seis mil pessoas, gente usando camisa de todos os times (mas é claro, Palmeiras e MMEC em maior número), a cidade inteira mobilizada. Veio Mancha de todos os lugares. É um estádio muito bacana, confortável, pena que caiu um temporal no segundo tempo.

O jogo foi dois a um, o MMEC jogou bem retrancado, no contra-ataque. Rivaldo continua jogando muito, tá bem em forma, fez lançamentos animais. Outro destaque no time do Mogi foi o Leto, fez um golaço. Mas tá gordo e me disseram que ama uma cerveja. Giovanni jogou pouco e mal.

Pelo Palmeiras, Evair e Rincon mataram a pau. Preá também jogou, e bem (deve jogar pelo MMEC no Paulista). O lateral direito foi Odair, que acertou vários cruzamentos. O Luizão tá uma bola, mas ainda tem presença de área.

A nota negativa ficou para a PM (tem que ser!). Até o meio do jogo não tinha separação de torcidas. Depois que a Mancha gritou algo mais forte fecharam o portão e isolaram as organizadas. Não deu confusão, mas prejudicou a vida de um monte de gente que foi se juntar às organizadas.

joao guilherme 16 de dezembro de 2008 00:04  

taí, gostei dessa, soh acho q fico meio justa no cesar sampaio, huaehueauhahu

e por fala em clebao eimmm, ooooo saudade viu!!
abraços ai erick!

Ronaldo 16 de dezembro de 2008 21:09  

Adidas, Adidas...

Presta atenção...

Pietro 18 de dezembro de 2008 16:22  

Adidas poderia fazer uma camisa neste mesmo estilo para o time, relembrando os anos 90 , listrada, seria bem legal e venderia muito. Akela camisa de 93 e 94 na minha opnião eh a mais bonita do Palmeiras,poderia ser repaginada.

Tiago 18 de dezembro de 2008 20:51  

Eu tenho a opinião que o Palmeiras tem sempre que lançar dois modelos de camisa verde, como era antigamente.

Essa listrada poderia ser uma delas!

luiz 22 de dezembro de 2008 11:47  

O palmeiras deveria adotar como uniforme oficial esta camisa listrada, calçao branco e MEIAS BRANCAS! Fica muuuito melhor. Fica com cara de time europeu!Principalmente as meias brancas.

Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO