sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Ferrari, Schumacher e o Palmeiras

Mamma mia, eu já estava achando meio difícil a aplicação da marca da Ferrari na nossa camisa, por problemas com a Fiat no Brasil - porque a Fiat brasileira não é a responsável pela importação e venda de Ferraris. Mas pelo que se vê na matéria abaixo, a própria filial brasileira já concordou e está encaminhando o pedido para a matriz!

Será verdade?

Palmeiras planeja ações por Ferrari

Gustavo Franceschini
Da Máquina do Esporte, em São Paulo

O Palmeiras está negociando com a matriz da Fiat, na Itália, para ter a marca Ferrari estampada em sua camisa no dia 29 de outubro, na partida contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. Para ativar o "patrocínio", o clube pretende criar ambiente no Palestra Itália e até cogita a presença de um piloto da escuderia no estádio.

A escolha da data, uma quarta-feira, está ligada à presença da equipe italiana em São Paulo para o GP Brasil, que acontece no domingo seguinte, dia 2 de novembro e encerra a temporada da Fórmula 1.

A visita de um dos corredores, portanto, está ligada à situação do campeonato. Caso o título ainda esteja em disputa, a ação com Felipe Massa ou o finlandês Kimi Raikkonen deve ser negada pela escuderia para que os competidores mantenham a concentração.

O próprio desempenho do Palmeiras no Campeonato Brasileiro faz o departamento de marketing descartar a realização de uma partida comemorativa. O calendário apertado só não vai impedir a distribuição de souvenirs e bandeiras da Ferrari e da Itália no dia do jogo, ação que já foi definida pelo clube.

Tudo isso depende apenas do aval da montadora. A filial brasileira já encaminhou o pedido à Europa, e espera obter resposta até o fim deste mês. O Palmeiras fala em 90%de chances de sucesso, e trabalha com afinco no assunto.


Quem será que vai vestir o manto? Kimi Raikkonen? Ou Massa (que é bambi na verdade, hehe)?
Tem gente até falando no Schumacher - que, vale lembrar, já é velho conhecido do Palestra pois já jogou algumas vezes lá. Não lembra? Olha ele aí disputando bola com o Baiano em 2004:


5 comments:

≈D 12 de setembro de 2008 14:53  
Este comentário foi removido pelo autor.
≈D 12 de setembro de 2008 20:03  

*removi o antigo pra nao ficar com 2 comentarios meus.

e a puma? como fica nessa historia?
paga pra ter o direito de usar a marca da ferrari e a adidas vai ter uma camisa com essa marca?????

retirado do 3vv(http://terceiraviaverdao.blogspot.com) :

-Ferrari e Palmeiras: alguns amigos estão me mandando emails perguntando sobre isso... falei num dos comentários e talvez não tenham lido. Acho improvável que saia. A Ferrari tem contrado de licenciamento com a PUMA. A Puma não permitiria a Ferrari estampar sua marca num uniforme da Adidas. A recíproca é verdadeira. Talvez o que possa ser viabilizada é alguma ação promocional da marca do cavalinho com nossa marca;

Tullio 13 de setembro de 2008 10:50  

tomara q de certo..
e q akela camisa vermelha ali de baixo seja vendida...
ela mta mto loca!

podia ter o logo da ferrari tbm em alguma parte dela.. na gola...na manga...sei la...

Sergio Cloretti 13 de setembro de 2008 12:37  

Mesmo que nosso time nao consiga o Logo Ferrari nas nossas camisas, espero que a adidas lance o 3 uniforme vermelho(ficou muito linda a montagem feita) e volte com o segundo sendo branco..... POR FAVOR ADIDAS.... CHEGA COM ESSA VERDE LIMAO.


[]'s
Sergio

Imprensinha GamBambi 14 de setembro de 2008 02:04  

O blog Imprensinha GamBambi apurou que Felipe Mafa, o pilofo língua-prêfa e filho perdifo do Zacarias [Uiiiiiii, Didiiiiii!] dife que não ufaria uma camifa do Palmeiras...


Ele prefere uma camisa com símbolo em forma de zorba, com a marca LG [Liberdade Gay e Liberou Geral], nº 24, escrito Bicharlyson, ou melhor, RicKY (com KY para não doer).

Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO