domingo, 7 de fevereiro de 2010

Flâmula do Verdão em Bs.As.

Recebo email bem simpático enviado pela espevitada palestrina Carol Rodrigues. Ela traz uma blusinha customizada, e fotos de sua viagem a Buenos Aires. Com a palavra, Carol:

Em primeiro lugar gostaria que soubesse que admiro muito este espaço. Fico babando por aquelas fotos de pessoas que colecionam desde pequenos os mantos sagrados. Comecei a minha "coleção" com uma da Pirelli, comprei as da Fiat e agora tenho as 3 da Samsung e algumas comemorativas da Adidas. Aliás, mandarei em breve uma muito bacana, feminina, é claro. Acho que a adidas está percebendo que de fato vale a pena investir em nós, torcedoras.


A história da blusinha é a seguinte:

No inicio de 2009, sentindo falta de blusinhas mais leves e bonitas (não que as baby looks não sejam) para ir aos jogos, procurei um lugar que customizasse blusas e pedi que fizessem uma regata branca. Na frente o escudo do time (não ficou exatamente como o original) e atrás um verso do hino ‘Torcida que canta e vibra’. Sou suspeita para falar, mas ela faz o maior sucesso.


Agora a história das fotos:

Em 25 de dezembro, eu e mais 3 palestrinas partimos para Buenos Aires para passar o ano novo. Não preciso dizer que o calor lá estava de matar, então usei a minha blusinha customizada, apesar de ter levado na bagagem também o meu guarda roupas verde e branco. As fotos foram tiradas em Puerto Madero – Buenos Aires. Cheguei a ir no La Bombonera, mas uma amiga gambazinha que mora lá, disse que era muito perigoso ir lá com camisetas de um time que não fosse o Boca. E nós acreditamos. Chegando lá, festa de camisas de times brasileiros. Fiquei muito brava, mas em breve represento o Palmeiras por lá.


Só uma curiosidade (foto acima). Em um passeio por Caminito, entrei em uma lojinha de artigos esportivos. Muitas coisas dos times de lá, como o Boca, o River, San Lorenzo... Quando não, dou de cara com uma flâmula do VERDÃO. Não pensei duas vezes e fotografei. Ah! Só para ficar claro, a única flâmula de time de futebol não-argentino era a o PALMEIRAS, o que aumentou ainda mais o meu orgulho.


Jóia, Carol! Obrigado pelas fotos.
Encontrar essa flâmula realmente foi bacana prá caramba.
E adidas, vamos providenciar blusinhas leves para a linha feminina também hein!

1 comments:

Alex 14 de março de 2010 03:41  

grande carol! continue assim, divulgando o palmeiras sempre, aqui no brasil e no exterior! a adidas caprichou na linha feminina do palestra, e tinha que fazer isso mesmo, pois as palestrinas merecem!

Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO