segunda-feira, 20 de julho de 2009

Comparação: camisas away 92 e 93 e 94

Por uma felicidade muito grande, recebi na semana passada fotos de camisas do Tito e do Hermes, dois brothers do blog, e estas camisas renderam uma oportunidade muito boa para fazer uma comparação.


A camisa branca de 1992, ano em que entrou a Parmalat, foi fabricada pela adidas; era toda branquinha com exceção das mangas, com filetes paralelos verdes. O tom destes filetes e do verde do distintivo e do logo da adidas era mais opaco, mais para verde oliva. Esta camisa é do Tito, que conta a história dela:

Em 1992, meu pai ganhou a camisa na raspadinha do Palmeiras, um tipo de loteria que existia na época e que dava esse tipo de prêmio.
Enfim, meu pai ganhou e me deu. Ela ficou guardada quase um ano, foi quando conheci uma moça que era amiga do Evair. Assim, pedi para ela levar e trazer autografada e ela assim o fez. Melhor, no dia que ela foi me entregar, encontrou o Edmundo e pediu para ele autografar o manto, também.
A camisa ficou guardada anos no meu armário e um dia uma empregada resolver fazer arrumação, pegou meu manto e lavou para tirar a "sujeira de caneta", é mole?
Bom, a camisa está aqui em Londres comigo, só que, já faz muito tempo, sem os autógrafos.


Uma beleza de camisa, o brilho dela é intenso. E a empregada do Tito fez um bom trabalho, lavou direitinho! rsss. Tito, esta não havia aparecido no blog ainda, e é difícil de ver um exemplar destes por aí hein.

E a camisa das fotos abaixo é a do Hermes Serigati, a camisa away de 1993 1994. Feita pela Rhummel, manteve o mesmo padrão do fabricante anterior, algo raro hoje em dia. Possui detalhes verdes na gola, e o verde usado é mais escuro. O azul da Parmalat também é mais escuro. Esta aqui deu mais sorte, pois nesse ano ganhamos Paulistão e Brasileirão, e a camisa conta com ambos os escudetos. O tecido também menciona a conquista do Paulista com discretas marcas d'água.



Com a palavra, o Hermes:
Esta camisa branca eu ganhei do meu pai há um mês. Era dele e ele nem usa mais. Essa você já tem no seu blog mas com outro número. A minha é 13, se não me engano do zagueiro Tonhão.

Quanto aos números, gosto de ambos. O da adidas é clássico, e o da Rhummel é a cara dos anos 90.

Legal a chance de fazer essa comparação. Se você quiser comentar mais alguma coisa, esteja à vontade aí na caixa de comentários.
Ao Tito e ao Hermes, obrigado!

Edição: o professor Dário me corrige novamente e diz que a camisa do Hermes é a do primeiro semestre de 94, e mostra aí embaixo a de 93. Bom, então seja feita a correção e esta postagem se torna uma comparação tripla!

8 comments:

Peterson 20 de julho de 2009 16:21  

olha!!! eu sou frequentador daqui assiduo so que ate agora naum tinha feito um cadastro... e queria uma ajuda sua... como faço para conseguir os numeros da ADIDAS tipo esses que estaum na camisa away de 92 do palmeiras a numeração de 0 a 9

Dário 20 de julho de 2009 18:12  
Este comentário foi removido pelo autor.
Dário 20 de julho de 2009 18:18  

Erick a camisa nº 13 não é de 93,e sim do 1º semestre 94! essa camisa já está com o scudeto de campeão Brasileiro de 93,então esse modelo foi o de 94,que tinha também a gola diferente da de 93. Esse modelo também tem uma coisa interessante,vem escrito em marca d´água a frase "CAMPEÃO PAULISTA DE 93" por toda a camisa,nesta foto da parte da frente dá pra ver legivelmente a frase escrita.

HERMES PALMEIRAS by CHIQUEIRO VERDE 20 de julho de 2009 18:43  

VALEU ERICK, SABIA QUE SERIA ÚTIL A FOTO.
UM ABRAÇO DO CHIQUEIRO VERDE.

black_ash_1980 20 de julho de 2009 23:53  

Essa de 92 eu tenho. Na época eu escolhi o nº 8, do Mazinho é lógico.

LOOK ESPORTES 21 de julho de 2009 08:56  

Lindas as duas camisas! se alguem se interessar tenho a da adidas para troca... Abs

Rapha Forte 21 de julho de 2009 10:47  

Olá Erick, td bem?

Acompanho o blog há um tempão e lembrei do Maglia Verde na hora que entrei numa livraria, nesse fim-de-semana.

Não sei se vc está sabendo, mas saiu um livro chamado "A HISTÓRIA DAS CAMISAS DOS 12 MAIORES TIMES DO BRASIL" ( http://www.livrosdefutebol.com/catalogo_detail.asp?cod_produto=232 )que é simplesmente sensacional.

Folheei a parte que me interessava (O Verdão, lógico) e notei que o livro é muito bem feito, com exemplos de todas as camisas já usadas pelo Palmeiras desde o Palestra Itália. Além de ser impecável, o livro nos fornece, inclusive, o ano que foram lançados todos os modelos.

Mas o que realmente me chamou a atenção foram os detalhes que os autores foram buscar. Eles não publicaram apenas aquelas camisas mais conhecidas; eles pesquisaram mesmo. Camisas estranhas, obscuras, bizarras, que duraram um jogo, etc. Tem muita coisa mesmo lá. Imagino que vc, assim como eu, um ser completamente fanático pelo Palmeiras e por suas camisas, vai se deliciar.

Um grande abraço.
Rapha

blog Maglia Verde 21 de julho de 2009 12:24  

Peterson,
ainda não tenho. Mas quando encontrar esses números eu posto aqui beleza?

Dário,
obrigado como sempre!

Hermes,
aos poucos vou publicando suas outras fotos, valeu cara.

Black ash e Look,
bom gosto vocês têm, hein.

Rapha,
informação valiosíssima, e da qual eu nem tinha idéia. Valeu!

abraço
Erick

Este blog é dedicado à camisa do Palmeiras, ao manto sagrado verde do Palestra Italia. Maglia verde quer dizer manto verde em italiano, capisce?

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO